quarta-feira, maio 30, 2007

love it madly!

Amor é uma tapa
Quente e barulhenta.
Vira a face e receba, idiota.
Que vai ser você agora?
Decida se a mão apedrejada
Aparece vermelha te afagando
Ou se repulsiva te afasta.

O amor é um estranho
Que chegou aqui em casa!
Veio pra mim e disse:
"Estou aqui ao seu lado"
Eu desprezo dúvidas
Me corrôo em súplicas
E ele não sai do meu lado!

O amor é um deserto
De dunas de fogo e sombras glaciais
Caravanas passam muito, muito longe
Miragens são sonhos por aí a vagar
Onde fostes me atirar? Como parei aqui??
Ventos são vozes da solidão me aperreando
Tu és o dromedário que me escapuliu.

music of the day: Cake - Love You Madly

"O Caminho que pode ser verbalizado não é o Caminho eterno.
O nome que pode ser falado não é o nome eterno.
O Indizível é a origem do Céu e da Terra.
O Nomeado não é senão a mãe de dez mil coisas.
Em verdade, somente aquele que livra-se para sempre do desejo pode ver as Essências Secretas;
Aquele que nunca livrou-se do desejo somente pode ver as Consequências.
Essas duas coisas provêm da mesma Fonte; todavia são diferentes na forma.
Essa Fonte só pode ser chamada de Mistério,
A Porta entreaberta de onde emergem todas as essências secretas."
Lao Tsé, Tao-te Ching

1 Comments:

Blogger Cha said...

Oi Tapete,

Fazia tempo que não vinha aqui... Virei com mais frequência :)

Quanto ao seu post, você tá precisando ser correspondido e ver a outra face do amor :) É um sentimentozinho paradoxal, como todos nós, mas a gente não vive sem ele !!! Aproveite!

Grande beijo,
Chá

2:31 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home