sexta-feira, maio 19, 2006

don't kill it!

Então o que me aconteceu hj foi o seguinte:
Cheguei na justiça... Sentia um negócio na perna... Eu usava calça... Pensei que era carrapicho... Quando levantei a barra, era um maribondo!... !!!!!!!!!... (Gleydson mais tarde ficou rindo dizendo que ainda bem que ele só se reduziu à ficar na perna.)... Eu sentia as agulhadas que ela deu em minha perna... E ela realmente parecia inchada... E os lugares doíam... Tentava espantá-la, mas n havia papel nem nada, e sabia que ela me ferroaria no dedo... A raiva me tomou e tentei matar a intrusa... Matei-a-lha, com sede!... Depois, mais calmo, fui ver os ferrões... Não eram ferrões, eram apenas pequenas picadas... as picadas não doíam tanto e progressivamente doíam menos e menos... Então na verdade ela n picou, e ela estava dentro da minha calça... Me arrependi de tê-la matado.

Eu me lembro de muitas e muitas coisas:

# Ano passado levei uma picada no dedo de maribondo no alto do cabugi, tentando espantá-lo com o boné.

# Me lembro da história que alguns (acho q ana, inclusive) me contam que os animais só atacam qd TÊM fome, quando invadem o espaço deles ou por defesa. Não sei se devo ser explicitamente genérico, mas faz sentido pelo que vejo...

# Me lembro que todo mês aparece uma notícia sobre alguém ser ameaçado de extinção... Eu ficaria extremamente deprimido se eu fosse um dos últimos da minha espécie...

# Também que há alguma(s) religião(ões) que (faz de conta que é singular) diz que depois de morta, uma pessoa pode se encarnar em um bicho. Eu não acredito, mas não importa: e se isto fosse verdade? <=S Como eu poderia encarar um querido meu que tenta me visitar depois que o impossível (que pode ser que aconteça, nunca me esqueço disso) aconteça, e eu, por puro cagorê, PÁ!, mato ele. É deprimente.

# Claro que sempre me esqueço disso na hora, eu odeio mosquitos no meu quarto e eles são extremamente, extremamente mesmo atrantes pra dar uma palmada... Formigas, quando se enchem no meu birot ou sobem no meu monitor, eu não tenho piedade. Eu dou a desculpa q sou como um samurai, mas mesmo assim... enfim... é uma contradição de sentimentos!

# Um falcão ou um cão vem em sua direção. Eles não atacam árvores (e árvores se movem). Vc precisa fazer parte da árvore, do chão, da terra, para que o falcão pouse em seu braço ou o cão te cheire e mije em vc te marcando como território dele. É o que vejo ser dito.

# Um dia um cachorrão fugiu de uma casa onde ficava do lado de um terreno baldio onde nós jogávamos bola, e todos todos debandaram a correr. Eu estava muito perto dele, e cansado de correr. Então eu testei: fiquei onde estava e ele veio e só me cheirou...

# Acho que é bobagem dizer que os humanos não são animais. Mas isso dá discussões que me desagradam, então pronto, é isso que acho.

# Me lembro do pink e fico com ódio de mim mesmo. Gostaria q ele viesse em sonho e me perdoasse...

Eu me lembro de mais coisas, mas são muitíssimos os ímpetos que as múltiplas tentações do dia-a-dia joga pra nós. Me dá muita preguiça de ser um engajado. E eu não consigo ser disso.

Eu vou sendo o que vou sendo, pro bem ou pro mal.

music of the day: Finalmente...... FINALMENTE, ACHEI!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! -> Elliott Smith - Son Of Sam

"Família: doce ninho de espiões..."
Mário Quintana

1 Comments:

Anonymous ianniu said...

ARVORES ANDAM?!!?1?
o_O


vc anda assistindo muita propaganda do johnny walker... ¬¬

ah não!
esqueci q vc soh tem um canal e meio
auiahuiaha
muito divertido isso :P

2:59 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home